Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes
siga-nos Facebook Issuu RSS feed

Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê nas próximas 24h um agravamento das condições meteorológicas e coloca onze distritos em aviso laranja.

20180211 161448 1 1024 2500
10 Março 2018

Prevê-se para as próximas 24h um agravamento das condições meteorológicas, com risco associado devido à chuva pontualmente forte, instabilidade (trovoada e granizo), intensificação do vento, com possibilidade de formação de fenómenos extremos de vento e agravamento da agitação marítima em toda a costa. Chuva por vezes forte com o período de maior intensidade entre as 21h e as 6h de domingo, nas regiões dos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro e Vila Real.

Rajadas de vento, chuva muita forte e agitação marítima deixam o país em alerta laranja nos próximos dias. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou onze distritos de Portugal continental sob aviso laranja e prevê aviso vermelho em toda a costa portuguesa na próxima madrugada, entre as 03h00 e as 15h00 de domingo, devido à previsão de forte agitação marítima.

Segundo o instituto, estão sob aviso laranja os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro.

A Proteção Civil alerta para a “possibilidade de fenómenos extremos” devido ao agravamento da situação meteorológica associada à depressão Felix.

Segundo o comunicado da Proteção Civil há a possibilidade de as estradas ficarem escorregadias e de se formarem lençóis de água e gelo; no meio urbano podem acontecer cheias devido acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem; e as zonas costeiras, que são mais vulneráveis, podem transbordar e provocar inundações.

A Proteção Civil aconselha a assegurarem que os escoamentos de águas estejam desentupidos, conduzir com especial cuidado, não atravessar zonas inundadas, fixar estruturas soltas (por exemplo, andaimes, placards e outras estruturas suspensas), não praticar atividades relacionadas com o mar e ter atenção quando circular junto à costa, se possível evitar passar por estes locais.

Partilhar
Top