Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes
siga-nos Facebook Issuu RSS feed

Gastronomia

A gastronomia em qualquer lugar é um elemento de grande atratividade para quem visita e procura conhecer um território.

Paredes não é exceção e como em qualquer outro lugar do nosso país temos deliciosas iguarias para oferecer a todos que nos procuram.

O segredo desta gastronomia foi transmitido de geração em geração, dando um sabor tradicional e peculiar a cada prato e iguaria. A gastronomia de Paredes está relacionada com a nossa agricultura e pecuária, porque desde sempre a população se dedicou ao cultivo das terras férteis e daqui tiravam o seu sustento e alimento para todo o ano. 

Cabrito assado no forno

No caso de Paredes, são tradicionais os assados no forno, destacando-se o cabrito assado no forno a lenha, acompanhado de arroz.Este prato era o eleito para os dias comemorativos e festivos das famílias, assim como para os tradicionais assados ao domingo, quando as famílias se reuniam.

Melão casca de carvalho 

Relacionado com as práticas agrícolas do nosso concelho existe um produto regional que mereceu distinção como é o caso do melão casca de carvalho, que é um produto que se adapta às particularidades dos terrenos e clima do Vale do Sousa e que, graças ao cuidado e dedicação dos nossos agricultores, se torna num produto peculiar e muito apreciado.

Melão Casca de Carvalho http://www.adersousa.pt/melao-casca-de-carvalho.html 

Broa de milho

Para além do melão, temos também a broa de milho, que foi alvo de uma denominação de origem protegida, a qual visa e procura, uma vez mais, salvaguardar e acautelar saberes tradicionais que fazem parte da cultural imaterial e também material de todo um povo.

Broa de Milho http://www.adersousa.pt/files/Broa-do-Vale-do-Sousa.pdf 

Tremoço

Outro dos produtos que caracterizam e identificam muito os Paredenses é o caso do Tremoço, não fossem os habitantes da cidade de Paredes conhecidos pelos tremoceiros. Este facto está associado à existência, no passado, de muitas senhoras na vila que ganhavam o seu sustento vendendo tremoço nas festas, romarias, feiras e até nos finais das missas de domingo. Estas senhoras chegavam mesmo a ser transportadas para a festa do S. Simão (28 de outubro) e assim lá venderem esta “iguaria dos pobres”.

Regueifa

A regueifa é outro dos produtos que ajuda a contar a história de Paredes e sobretudo as tradições e memórias das suas gentes. Trata-se de um pão de romaria, porque este normalmente só se fazia para as festas e ao domingo. A regueifa tem uma forma de rosca e é feita de farinha branca fina. Para a cidade de Paredes tem um significado especial, porque antes da existência da A4 e devido aos poucos meios de transporte, os autocarros que faziam a ligação entre o Porto, Amarante e Vila Real tinham de fazer o percurso pela Nacional 15 e era habitual fazerem paragens entre esse percurso para que os passageiros pudessem comprar a regueifa em Paredes.

Sopa Seca

A sopa seca é uma receita tradicional da região norte confecionada sobretudo nas vindimas, Carnaval e Natal.

Esta sobremesa tem por base o pão, canela, açúcar e hortelã.

Esta sobremesa é também mais uma forma encontrada no passado para aproveitar tudo aquilo que sobrava transformando e criando uma sobremesa com um sabor e aroma muito particular devido à junção da canela e a hortelã.

Doces da Mansinha

Tratam-se de uns tradicionais doces secos que são cobertos por uma camada de açúcar que depois de seca fica com uma textura branca.

Estes doces são confecionados numa casa antiga, com mais de cem anos, na freguesia de Baltar, cuja tradição foi passando ao longo de gerações. Hoje continua a laborar e a vender para as festas e romarias de todo o concelho, assim como ainda é possível encontrar aos fins-de-semana a tradicional barraquinha em Baltar para quem passa na estrada possa comprar os doces da Mansinha.

Largo Comendador Pereira Inácio, n.º 160
4585-160 Baltar
Telefone: 224 154 516
Coordenadas GPS: 41°11'36.8"N 8°23'18.9"W

Doce Cavaco

Sendo o concelho de Paredes um grande produtor de mobiliário e considerando que a grande aposta nos últimos anos passa pela consolidação de uma imagem territorial de identificação com esta atividade, considerou-se que a aposta da divulgação desta realidade teria de passar também pela doçaria e, por isso, foi lançado o desafio de se criar um doce.

É assim que nasce o “Doce Cavaco”, cujo nome e formato nos fazem lembrar um resto de madeira que é usado para queimar nos fogões.

O "Cavaco" é feito de uma massa espessa, tipo pão doce, que é enrolada e recheada com um creme de ovos, açúcar, castanhas moídas, com um travo de limão e canela.

Este doce tem a sua essência nas receitas antigas, uma vez que recorre à utilização de produtos tradicionais, entre os quais se destacam as castanhas, que no passado tiveram um papel muito importante na alimentação da população deste concelho.

A responsável pela conceção do doce Cavaco foi a D. Teresa Ruão, do restaurante Cozinha da Terra, situado na freguesia de Louredo, por ser uma especialista com mérito reconhecido em termos culinários, nomeadamente, por ter já merecido diversos prémios na área.

Para provar, adquirir ou encomendar o “Cavaco” contacte:

Cozinha da Terra - Casa de Louredo, Herdade
4580-582 Louredo PRD
Telefone: 255 780 900
Email: cozinhaterra@gmail.com
Coordenadas GPS: 41°14'09.7"N 8°20'44.9"W

Vinho Verde

Paredes integra, também, a região Demarcada de Vinhos Verdes na sub-região do Vale do Sousa, da qual consta atualmente a Quinta da Bela Vista como produtora de vinho verde com a marca comercial Todeia.

Esta quinta possui uma área de cerca de 15 ha, dos quais 11 se destinam à cultura da vinha. Produz vinho branco e tinto que é comercializado pela marca Todeia.

Dispõe ainda de um magnífico jardim romântico do século XIX, que proporciona a todos os que visitam este espaço momentos muito agradáveis de contemplação da paisagem e alegres momentos de convívio.

Contactos:

Quinta da Bela Vista 
4585–905 Parada de Todeia
Telefone: 224 331 732
Fax: 224 330 152
Coordenadas GPS: 41°10'06.5"N 8°22'56.4"W

Pontos de interesse: Acolhimento de Grupos | Acolhimento linguístico | Visita guiada com pré-marcação | Vinha | Visita cave-adega |Prova de vinho | Venda de vinho | Sítio natural | Percurso pedestre | Sala de receção.

Partilhar
Top