Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

tomadaposse

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Câmara de Paredes promove Ações de Terapia Assistida por Animais

Câmara de Paredes promove Ações de Terapia Assistida por Animais
Terapia_Animal_Paredes1
Terapia_Animal_Paredes2
Terapia_Animal_Paredes3
02 Maio 2017

A Câmara Municipal de Paredes e o CLDS 3G – Horizontes de Inclusão promovem, pelo segundo ano consecutivo e durante o mês de maio, ações de terapia assistida por animais dirigidas às crianças e jovens com necessidades educativas especiais nas escolas e IPSS do concelho.

Esta é mais uma iniciativa conjunta do Pelouro da Ação Social e do Programa Movimento Sénior do Pelouro Desporto inserida no Plano Municipal de Atividades do Grupo de Trabalho para a Deficiência, constituído pelas escolas e instituições que trabalham com a população com deficiência e incapacidade no concelho de Paredes.

As sessões têm duração de 45 minutos e são conduzidas por profissionais especializados da empresa Vinculum Animal especificamente para crianças, jovens e adultos portadores de deficiência do concelho de Paredes.

“O sucesso da experiência do ano passado levou a que este ano voltássemos a organizar estas sessões”, diz Hermínia Moreira, vereadora do Pelouro da Ação Social da Câmara Municipal de Paredes.

A Terapia Assistida por Animais tem no animal a principal parte do tratamento e visa promover o desenvolvimento social, emocional, físico e cognitivo do público-alvo, para além de promover a saúde física através da diminuição da solidão, da depressão, e da ansiedade e do aumento do estímulo para a prática de exercícios. Este tipo de terapia pode ser aplicado em áreas relacionadas com o desenvolvimento psicomotor e sensorial, no tratamento de distúrbios físicos, mentais e emocionais; e em programas destinados a melhorar a capacidade de socialização e a autoestima.

Nas Atividades Assistidas por Animais não há definição de objetivos terapêuticos: visam a melhoria da qualidade de vida das pessoas mas com objetivos sobretudo lúdicos, motivacionais e por vezes educativos. Podem ser direcionadas a pessoas de todas as idades e aplicadas em instituições penais, hospitais, lares de idosos, IPSS, escolas e clínicas de recuperação. Nas intervenções definem-se objetivos pedagógicos adaptados a cada aluno e a introdução do animal facilita muito o processo Educativo.

Top