Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

mq2

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Proteção Civil Municipal alerta para os cuidados a ter face ao mau tempo no fim de semana

Proteção Civil Municipal alerta para os cuidados a ter face ao mau tempo no fim de semana
sad_window_raindrop_rain_85719
19 Fevereiro 2021

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), este sábado e domingo haverá condições meteorológicas adversas com mau tempo provocado pela chuva, rajadas de vento até 110 quilómetros por hora nas zonas altas e descida das temperaturas.

A Proteção Civil alerta para o agravamento do estado do tempo em Portugal Continental no fim de semana, com períodos de chuva, granizo e trovoada, devido à passagem da depressão Karim, e recomenda cuidados a ter especialmente na estrada.

Atendendo às previsões de mau tempo, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil alerta para o "piso rodoviário escorregadio, por acumulação eventual de gelo, neve e formação de lençóis de água; para a possibilidade de cheias rápidas em zonas urbanas, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem; para a possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis; queda de ramos ou árvores, bem como de afetação de infraestruturas associadas às redes de comunicações e energia e desconforto térmico".

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil apela aos cidadãos a tomarem as seguintes medidas preventivas:
• Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;
• Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de gelo nas vias rodoviárias
• Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas
• Nas vias afetadas pela acumulação de água, são desaconselhadas viagens com crianças, idosos ou pessoas com necessidades especiais;
• Evitar circular naquelas vias com veículos pesados, em particular articulados, veículos com reboque e veículos de tração traseira;
• Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos ou árvores, em locais de vento mais forte;
• Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a estes fenómenos;
• Prestar atenção aos grupos mais vulneráveis (crianças nos primeiros anos de vida, doentes crónicos, pessoas idosas ou em condição de maior isolamento, trabalhadores que exerçam atividade no exterior e pessoas sem abrigo.

Top