Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

tomadaposse

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Câmara financia conclusão da Casa Mortuária de Parada de Todeia

Câmara financia conclusão da Casa Mortuária de Parada de Todeia
2
3
4
99
999
99999
23 Maio 2017

A Casa Mortuária de Parada de Todeia vai ser concluída. Depois de financiar o alargamento do cemitério da freguesia, a Câmara Municipal de Paredes concede agora um apoio monetário de 84.500 euros à Junta de Freguesia de Parada de Todeia para a execução da obra de conclusão da Casa Mortuária e requalificação da zona envolvente.

A cerimónia de assinatura do protocolo com o município de Paredes realizou-se, na manhã deste sábado, 20 de maio, no auditório da Junta de Freguesia de Parada de Todeia. Zélia Pinto, a Presidente da Assembleia de Freguesia, abriu a sessão, dando a todos as boas vindas e dando depois a palavra a Agostinho Pinto. “Parada quer a quem lhe quer bem e devo agradecer à Câmara Municipal de Paredes e ao seu Presidente, Celso Ferreira, que até ao momento cumpriu sempre o que prometeu no tempo devido”, disse.

“Agradeço muito também ao senhor vereador Manuel Fernando Rocha, porque foi determinante neste processo e realço também o importante papel do Dr. Rui Moutinho nesta e em outras obras em que foi peça chave. Foi já no meu mandato que com a sua inteligência a lidar com as instituições financeiras fizemos o pagamento do complexo desportivo sem dificuldade. Estamos muito agradecidos pelo que tem feito por Parada e aqui ninguém o esquecerá”, disse ainda o Presidente da Junta.

Falou em seguida Rui Moutinho, que redigiu o protocolo na qualidade de Diretor Financeiro da Câmara Municipal de Paredes, explicando-o ao público presente, para depois ser chamado à mesa Álvaro Pinto, antigo Presidente da Junta de Parada de Todeia e candidato da CDU à presidência da Câmara Municipal de Paredes nas próximas eleições autárquicas.

Começou por enaltecer a “criatividade e inteligência com que [Celso Ferreira] projetou não só para Parada mas para o concelho” de Paredes. “Muito obrigado também por ser meu amigo e pelo que conseguimos para Parada. E tenho aqui ao meu lado o Dr. Manuel Fernando Rocha, alguém que o sabe acompanhar”, prosseguiu o candidato.

“Uma palavra também para o Dr. Rui Moutinho. Ambos queremos o melhor para Paredes e somos as duas únicas candidaturas que o querem. Mais nenhuma o quer. Rui Moutinho é uma pessoa Idónea, capaz, competente e honesta”, concluiu Álvaro Pinto.

Celso Ferreira falou em seguida. “Sinto orgulho pelo que fiz mas não o teria feito sem os meus vereadores e sem o apoio extraordinário de Rui Moutinho. Dos meus 12 anos como Presidente da Câmara Municipal de Paredes, passei nove em crise e tenho pena de ter sido Presidente em tempos difíceis. Investimos muito, o que criou dívida, mas as coisas estão cá e a autarquia tem saúde financeira. Podia ter feito menos investimento e controlado a dívida, mas não tenho direito de cercear os direitos e os anseios dos munícipes. Modernizei o concelho de Paredes e esta obra vai ser feita pela dignidade da família e pela memória dos que nos deixam”, concluiu o edil.

Top