Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

Cá Paredes

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Aprovada a expropriação do Complexo Desportivo das Laranjeiras

Img 3088 1 1024 2500
Img 3090 1 1024 2500
Img 3093 1 1024 2500
07 Fevereiro 2019

Esta quinta-feira, 7 de fevereiro, foi aprovada por unanimidade, em reunião de câmara, a expropriação do Complexo Desportivo das Laranjeiras, equipamento que inclui o pavilhão gimnodesportivo, o estádio e os terrenos adjacentes.

A expropriação terá de ser submetida a sufrágio na próxima Assembleia Municipal agendada para 22 de fevereiro. Já em março, altura em que se prevê a realização da escritura pública, o “Complexo das Laranjeiras” volta à posse municipal.

Alexandre Almeida expressou a sua satisfação com a resolução deste caso, afirmando que "há momentos em que gostamos de ser autarcas. Estamos em condições de expropriar o Complexo Desportivo das Laranjeiras. Este importante equipamento volta a ser dos paredenses".

Para o autarca Alexandre Almeida, “esta expropriação amigável poderá custar cerca de 1,6 milhões de euros, o mesmo valor que tinha sido oferecido pelo Município em hasta pública, pelo anterior executivo, em 2017, ou seja, a Câmara não perde o sinal dado anteriormente neste negócio”.

Recorde-se que a compra não foi concretizada por falta de visto prévio do Tribunal de Contas, sendo esta a única solução para a autarquia encontrou para ter de volta o equipamento, que o autarca pretende dinamizar para “dar vida à cidade de Paredes”.

Segundo o Presidente do Município, “chegou-se a acordo com a administração da massa insolvente e a câmara não vai perder os 320 mil euros dados de sinal na altura”. Assim sendo, “ambas as partes ficam satisfeitas com o negócio”, garantiu Alexandre Almeida.

A requalificação do pavilhão gimnodesportivo e a sua conversão num multiusos é a prioridade do Município. O financiamento da obra terá de ser submetido a fundos comunitários, no âmbito do PEDU – Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, e a candidatura deverá ser financiada em 85%.

Para requalificar antigo estádio das Laranjeiras, que pode voltar a ser palco principal dos jogos do União Sport Clube de Paredes serão necessários 1 milhão de euros, “mas ainda falta reunir com o com o clube para perceber se este quer voltar a jogar nas Laranjeiras”, refere o autarca que quer “encontrar a melhor solução e o melhor entendimento para todos”.

Partilhar
Top