Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

tomadaposse

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Presidente da Câmara homenageou o Comendador António Rocha na tomada de posse dos novos Órgãos Sociais da APPIS

Presidente da Câmara homenageou o Comendador António Rocha na tomada de posse dos novos Órgãos So...
IMG_0927
IMG_0924
30 Maio 2018

A Associação Paredes pela Inclusão Social (APPIS) reuniu em sede de Assembleia Geral, na última segunda-feira, 28 de maio.

A reunião serviu de mote para a apresentação do Plano de Atividades e Orçamento para 2018, para a tomada de posse dos novos órgãos sociais e para a mudança do respetivo objeto social.

O presidente da Câmara Municipal de Paredes, Alexandre Almeida, deu às boas-vindas aos presentes e homenageou o Comendador António Rocha, com uma lembrança do município, como agradecimento pelos 10 anos em que assumiu a presidência da direção da APPIS.

O vereador da Educação, Paulo Silva, propôs à Assembleia Geral uma alteração aos Estatutos quanto ao artigo terceiro, respeitante ao objeto social da APPIS, de forma a torná-lo mais abrangente e a permitir outros campos de intervenção para a Associação.

A direção da APPIS ficou a cargo do vereador Paulo Silva, que assume a presidência, tendo Pedro Pinto, administrador da JAP, como tesoureiro, e Albano Silva, subgerente da empresa AEF Meubles, como secretário-geral.

De acordo com esta alteração, a Associação poderá, no âmbito do seu objeto “organizar e promover ações ou eventos de qualquer natureza, nomeadamente, nos domínios Social, Cultural, do Bem Estar, das Artes, da Ciência, do Desporto, da Atividade Física, da Educação, da Saúde, da Tecnologia, da Pedagogia, da Deficiência, da Inclusão Social, da Solidariedade, da Juventude, do Turismo, junto da população independentemente da faixa etária (crianças, jovens, adultos e seniores), promover ou realizar a publicação de relatórios ou obras, nomeadamente de carácter social, pedagógico ou cultural, bem como praticar ou promover os demais atos de natureza financeira, comercial, mobiliária e imobiliária, sem exclusão ou reserva, que sejam necessários à prossecução do seu objeto”.

Top