Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

foral

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Paredes assinala Dia Mundial do Turismo na Casa da Cultura com palestra sobre Rio Sousa

image title
26 Setembro 2019

O Município de Paredes promove na próxima sexta-feira, 27 de setembro, Dia Mundial do Turismo, na Casa da Cultura de Paredes, a palestra “O Turismo e o Trabalho: Um futuro melhor para todos”.

A sessão tem início a partir das 15 horas com o autor Inácio Pignatelli que irá abordar o Rio Sousa, nomeadamente o seu historial, numa abordagem desde a nascente à foz do Rio Sousa.

Refletir sobre as potencialidades deste recurso turístico no território paredense será o grande propósito desta sessão que celebra o Dia Mundial do Turismo.

O autor Inácio Pignatelli irá contemplar o tema: "O Sousa, um Rio carregado de história". A sua intervenção irá focar as várias questões da paisagem, numa perspetiva multidisciplinar, onde serão analisados aspetos da geografia, história, cultura, etnografia e sociologia.

Recorde-se que o Rio Sousa nasce em Friande, em Felgueiras, e desagua na Foz do Douro, em Gondomar, percorrendo um curso com cerca de 45 km que tem um dos pontos principais de interesse turístico na Senhora do Salto, em Aguiar de Sousa.

Na vertente do curso de turismo, (Curso Profissional de Técnico de Turismo Ambiental e Rural) e da sua relevância no ensino técnico-profissional na região, intervirá o professor Albino Pereira, diretor do Agrupamento de Escolas de Vilela.

O Presidente do Município de Paredes, Alexandre Almeida, irá encerrar a palestra.

Inácio Pignatelli – Breve Bibliografia
Nasceu na freguesia do Bonfim, no Porto. Professor e escritor, lecionou na Cooperativa Árvore e na UATIP (Universidade do Autodidata e da Terceira Idade do Porto). Tem diversas obras publicadas no domínio da literatura infantil (Pastor de Nuvens e Outras Histórias; Um Roubo na Véspera de Natal; O Sobe-Montanhas), da poesia (Poemas de Negro e Fumo e do Nada Intranquilo; O Olhar e os Sentidos - Catorze poemas a Vila Nova de Cerveira), da etnografia (Os Arrais - Contributo para o estudo da vida aventurosa dos arrais e mestres dos barcos rabelos com base em depoimentos; Os Cascateiros de Avintes Criadores de Pequenos Mundos) e ainda algumas obras sobre rios (A Nascente - Relato de um poeta; Acerca do Febros - Os rios não se medem aos palmos; O Paiva ou a Paiva como Também Lhe Chamam). Tem colaborado também em diversos jornais e revistas, em grupos de teatro (é autor das peças de teatro - O Diabo do Belho e O Hipericão) e música popular, e participado em numerosos congressos e colóquios).

Programa da palestra:

Programa - Palestra

Top