Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

mq2

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Orçamento da Câmara de Paredes para 2020 aprovado pela Assembleia Municipal

image title
image title
image title
image title
image title
03 Dezembro 2019

A Assembleia Municipal de Paredes aprovou esta segunda-feira, 2 de dezembro, o orçamento camarário para 2020, no valor de 61,7 milhões de euros, com 27 votos a favor (PS e CDU), 14 votos contra (PSD e CDS) e três abstenções.

Na introdução à apresentação dos documentos previsionais para o próximo ano, o Presidente da Câmara Municipal de Paredes, Alexandre Almeida, sublinhou que se trata de um “orçamento de contenção, que vai ao encontro da recomendação do Tribunal de Contas e apresenta um conjunto de obras programadas com acesso a fundos comunitários”.

Da proposta de orçamento para o próximo ano, salienta-se a redução da taxa de IMI para 0,33%, o reforço das verbas e das competências transferidas para as juntas de freguesia, medida que representa um investimento mensal da autarquia calculado em cerca de 70 mil euros, e o aumento de 20% dos subsídios para as cinco associações de bombeiros e as duas delegações da Cruz Vermelha.

No universo dos 18 presidentes de junta do Concelho de Paredes há o voto contra do Presidente da Junta de Freguesia de Lordelo, Nuno Serra, eleito pelo PSD. Os autarcas de Gandra, Cristelo, Louredo e Sobrosa, eleitos pelo PSD, votaram a favor. Os presidentes das juntas de Cete e Duas Igrejas decidiram pela abstenção.

Refira-se que a reunião da Assembleia Municipal foi suspensa próximo da uma da manhã, retomando os trabalhos próxima terça-feira, 10 dezembro, pelas 21 horas, para apreciar e votar os restantes 28 pontos da ordem de trabalhos.

Top