Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

homenagem

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Câmara de Paredes promoveu encontro para a população sénior praticar Yoga do Riso

image title
image title
image title
image title
20 Janeiro 2020

A Câmara Municipal de Paredes juntou mais de 530 idosos, no Pavilhão Ernesto Silva da Casa do Povo de Sobreira, para uma Mega Aula de Yoga do Riso, dinamizada pela University Laughter Yoga, na tarde desta segunda-feira, dia 20 de janeiro.

O Vice-Presidente do Município de Paredes, Francisco Leal, e o Vereador do Desporto, Paulo Silva, participaram na aula de Yoga do Riso praticando exercícios de respiração e mímica, que ajudam a libertar o “riso verdadeiro”, proveniente do diafragma.

Os sorrisos e boa disposição dos seniores marcaram a sessão. Rir tem benefícios psicológicos e físicos, como a redução do stress e o fortalecimento do sistema imunitário.

Participaram na iniciativa utentes das instituições: Centro Social e Paroquial de Recarei, Centro Social e Paroquial de Baltar, APDI de Sobreira, ADIL, Centro Social e Paroquial de S. Miguel de Gandra, Centro Social de Cete, Santa Casa de Misericórdia de Paredes, Obra de Assistência Social da Freguesia de Sobrosa, Associação para o Desenvolvimento de Bustelo e o Centro Sócio-Educativo e Profissional de Parteira. As Juntas de Freguesia de Paredes, Cete, Aguiar do Sousa, Parada, Vandoma, Gandra, Lordelo e Vilela também marcaram presença.

A Associação para o Desenvolvimento de Figueiras e a Associação para o Desenvolvimento de Lagares, duas instituições de Penafiel, também participaram na Mega Aula de Yoga do Riso que começou com uma aula de ginástica, proporcionada pela equipa do Mais Vida Ativa, programa da autarquia paredense destinado a estimular o envelhecimento ativo para pessoas com mais de 50 anos.

Testemunhos:
“Não sou muito de rir, mas já estive a rir. É bom. As pessoas não estão habituadas a rir e é uma maneira de o fazerem”, contou Maria Luísa Machado, de 71 anos, da Obra de Assistência Social de Sobrosa.

“Quem não se riu?”, questionou Rosalina Nunes, de 84 anos, utente da Santa Casa da Misericórdia de Paredes, que também não conteve as gargalhadas. “Gostei muito. É importante fazerem estas coisas”, acrescentou. A boa disposição foi partilhada por Maria Emília Leal, de 68 anos, da freguesia de Duas Igrejas: “Achei muito bonito, é um dia muito divertido. Saio daqui mais feliz. Aqui somos todos uma família”.

TESTEMUNHO 1

TESTEMUNHO 2

TESTEMUNHO 3

 

Top