Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

sprint

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Câmara de Paredes e Junta de Baltar prestam homenagem ao poeta Daniel Faria

image title
05 Junho 2019

O poeta Daniel Faria será homenageado pela Câmara Municipal de Paredes e pela Junta de Freguesia de Baltar, numa cerimónia que decorrerá esta sexta-feira, 7 de junho, pelas 9h30 no Largo Pereira Inácio, em Baltar.

Na iniciativa evocativa do poeta nascido em Baltar, em 1971, e falecido em 1999, será descerrada uma tela com pintura do retrato de Daniel Faria de autoria de Olesya Mohosh.

A cerimónia conta com a presença da Vereadora da Cultura do Município de Paredes, Beatriz Meireles, e com a familiares do poeta Daniel Faria.

Desta homenagem destaca-se a declamação de Poemas da autoria de Daniel Faria, por alunos do Agrupamento de Escolas Daniel Faria e do Colégio Casa Mãe, e a distribuição de Poemas pela população e cafés locais.

Daniel Faria nasceu em Baltar, em 1971. Estudou Teologia na Universidade Católica, licenciou-se em Estudos Portugueses na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Optou pela vida monástica, ingressando no Mosteiro Beneditino de Singeverga, onde iniciou seu noviciado. Publicou os livros Uma Cidade com Muralha (1991), Oxálida (1992), A Casa dos Ceifeiros (1993), Explicação das Árvores e de Outros Animais (1998) e Homens Que São Como Lugares Mal Situados (1998). Já depois da sua morte aos 28 anos, surge a publicação póstuma, em 2000, das obras Legenda para uma casa habitada e Dos Líquidos. O poeta morreu em 1999 vítima de um acidente doméstico.

 

Suporte_Digital_Daniel_Faria

Top