Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

imagem

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Castro do Muro de Vandoma

A Serra do Muro de Vandoma aparece designada em documentos medievais por mons Benidoma ou Bendoma representando uma referência fundamental ao território circundante. Este local, a uma altitude máxima de 519 metros, tem condições naturais de defesa e um domínio visual de grande alcance. Os vestígios arqueológicos apontam para uma ocupação desde do Bronze Final até à Idade Média. O topónimo Serra do Muro advém da existência de uma muralha com cerca de 4 metros de largura e 3.927 metros de perímetro, num circuito contínuo mas irregular. É construída por silhares assentes em seco, constituída por dois paramentos paralelos preenchidos interiormente com pedra miúda. Nos troços mais bem conservados não ultrapassa um metro de altura, à exceção de um local que mantém ainda cerca de dois metros com uma saliência retangular de 0,40 metros. No interior do recinto amuralhado aparecem à superfície diferentes materiais líticos, fragmentos de cerâmica doméstica e tégula. Na envolvente próxima foi recolhida uma ponta de lança de bronze. Na Idade Média terá existido um mosteiro, no início pertencente ao padroado régio, depois submetido à Regra de santo Agostinho e posteriormente à Ordem Premonstratense.

Contactos para informações/marcações:

 

GPS: 41°11'50.48"N / 8°23'31.96"W

Património Arqueológico
Top