Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

tomadaposse

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Projeto Antidote

1

 NARRATIVAS ALTERNATIVAS PARA PROMOVER A TOLEERÂNCIA, O DIÁLOGO INTERCULTURAL, SUPERAR ESTEREÓTIPOS E DIFUNDIR A IGUALDADE

Na Europa os movimentos extremistas ou populistas estigmatizam regularmente os migrantes e as minorias no seu discurso político, amalgamando conceitos distintos como crise e migração ou terrorismo e migração, a fim de polarizar a opinião pública.

Esta tendência contrasta fortemente com os valores da União Europeia (UE) que visa a propagação do diálogo intercultural, reunindo pessoas de diferentes culturas, dando-lhes a oportunidade de participar em atividades comuns.

A Europa está a viver os influxos mais significativos de migrantes na sua história.

A migração traz diversidade e o diálogo intercultural é um antídoto eficaz para a difusão dos estereótipos e polarização da opinião pública.

É necessário agir no sentido de promover a diversidade, a tolerância e o respeito dos valores da UE. 

 

Objetivos gerais
  • Promover medidas contra a estigmatização regular dos migrantes e minorias;
  • Promover a compreensão e a interação intercultural e responder à necessidade de estabelecer um terreno comum entre diferentes culturas e comunidades.

 

Objetivos específicos
  • Encorajar o diálogo intercultural entre cidadãos da UE e migrantes;
  • Ajudar a superar os estereótipos, através da desconstrução de processos de estigmatização;
  • Sensibilizar para a riqueza do ambiente cultural e linguístico na UE e promover a tolerância, contribuindo assim para o desenvolvimento de uma identidade respeitosa, dinâmica e multifacetada da UE.
  • Detetar e expor narrativas e tendências, canais de desinformação e técnicas de desinformação;
  • Tentar canalizar as críticas à UE para um motor positivo da integração europeia a longo prazo e ajudar a UE a aproximar-se dos seus cidadãos e a aumentar a sua resiliência.
Duração

O projeto terá a duração de 3 anos e decorrerá entre outubro de 2021 e abril de 2023.

 

Parceiros

Os parceiros do projeto “Antídoto” são representantes das autoridades locais, políticos, ONGs, trabalhadores sociais, educadores/formadores, trabalhadores juvenis e voluntários, ativistas, mediadores culturais, mentores especializados em diálogo intercultural.

 

Os países parceiros são os seguintes:

  • Albânia
  • Bélgica
  • Bósnia Herzegovina
  • Chéquia
  • Chipre
  • Croácia
  • Eslovénia
  • Espanha
  • Hungria
  • Itália
  • Kosovo
  • Malta
  • Polónia
  • Portugal
  • República da Macedónia do Norte
  • Roménia

 

 23



 

Top