Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

video_inauguracoes

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Acervo Documental Digital

O Arquivo Municipal de Paredes disponibiliza vários documentos online para consulta. Neste menu podemos encontrar documentação produzida/recebida pela Câmara Municipal no exercício da sua actividade, do início do séc. XIX até à actualidade, documentação da Administração do Concelho. Do importante acervo documental, pretende a Câmara Municipal disponibilizar online as actas, os testamentos, os registos, as escrituras entre outro documentos que passarão a estar disponíveis para consulta à distância de um clique.

Foral de Aguiar de Sousa 1513

Foral de Aguiar de Sousa. Concedido por El-Rei D. Manuel, em Lisboa, 25 de novembro de 1515.O original que se conhece encontra-se, hoje, no Arquivo Histórico Municipal do Porto. Caracteriza-se por um códice em pergaminho, com 320mm x 212mm, protegido por encadernação, cujas capas são, revestidas a couro pintado de castanho, com ferro estampado a frio, cinco cravos de metal amarelo. As capas unem-se por meio de duas tiras de couro que fecham com colchetes de metal amarelo, hoje, danificadas. No interior a primeira página é ornamentada e o texto é escrito em letra humanística libraria. Esta carta de foral pretendia regular a administração financeira, atualizar e clarificar os tributos a pagar ao rei e aos senhores locais.

 

Edição Facsimilada e Estudo do Foral de Baltar – 1515

Foral de Baltar. Concedido por El-Rei D. Manuel, em Lisboa, 11 de junho de 1515. Como era regra nos forais manuelinos eram feitos três exemplares, sendo um deles para a câmara da terra pelo que este original encontra-se na Biblioteca /Arquivo da Câmara Municipal de Paredes, concelho a que Baltar, hoje, pertence. Códice em pergaminho de 261mm x 188mm, encadernado, cujas capas são revestidas a couro pintado de castanho, com ferros estampados a frio, tem cinco cravos de metal amarelo. Escrito em letra gótica com a primeira página ornamentada. Esta carta de foral pretendia regular a administração financeira, atualizar e clarificar os tributos a pagar ao rei e aos senhores locais.

 

Edição Facsimilada e Estudo do Foral de Aguiar de Sousa – 1513

Foral de Aguiar de Sousa. Concedido por El-Rei D. Manuel, em Lisboa, 25 de novembro de 1515.O original que se conhece encontra-se, hoje, no Arquivo Histórico Municipal do Porto. Caracteriza-se por um códice em pergaminho, com 320mm x 212mm, protegido por encadernação, cujas capas são, revestidas a couro pintado de castanho, com ferro estampado a frio, cinco cravos de metal amarelo. As capas unem-se por meio de duas tiras de couro que fecham com colchetes de metal amarelo, hoje, danificadas. No interior a primeira página é ornamentada e o texto é escrito em letra humanística libraria. Esta carta de foral pretendia regular a administração financeira, atualizar e clarificar os tributos a pagar ao rei e aos senhores locais. A edição fac-similada permite adquirir um conhecimento da história local.

Top