Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

tomadaposse

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Celso Ferreira visita 5 empresas do Concelho

Celso Ferreira visita 5 empresas do Concelho
empresas do concelho
empresas do concelho
empresas do concelho
empresas do concelho
15 Fevereiro 2017

O Presidente da Câmara Municipal de Paredes tem vindo a visitar várias empresas do concelho, no âmbito do programa das Presidências Abertas que iniciou em meados do ano passado. São reuniões de trabalho com os empresários que ajudam a dinamizar a economia do concelho e a criar emprego, e com estas ações, Celso Ferreira pretende também transmitir de forma próxima o apoio do poder local à atividade empresarial.

Assim, visitou esta terça-feira, 14 de fevereiro de 2017, as empresas SUFFA – Indústria de Estofos, Lda., LLAD – Indústria e Comércio de Mobiliário, Lda. e Ronfe Classic, todas em Lordelo, e ainda a C. Barbosa – Indústria de Mobiliário, Lda., em Duas Igrejas, e a Verduras e Frescuras, em Louredo.

A primeira empresa visitada foi a lordelense SUFFA, de Manuel Fernandes e do filho, André Fernandes. Dedica-se ao fabrico de mobiliário estofado de gama média/alta e de luxo, proporcionando soluções de design e decoração de interiores inovadoras e personalizadas. A SUFFA emprega hoje 60 funcionários, quando, em 2013, empregava apenas 25. Teve uma faturação, em 2016, de 5,7 milhões de euros e cerca de 94% da sua produção destina-se à exportação, sendo França o seu principal mercado.

Seguiu-se a LLAD, uma nova empresa que investe nesta fase inicial 1,5 milhões de euros no concelho e cujas instalações estão em fase de conclusão, prevendo-se o início de atividade para maio próximo. O empresário Leonel Dias, que vai assinar um Contrato de Investimento com a Câmara Municipal de Paredes, revelou que vai criar 20 a 30 postos de trabalho. A empresa dedica-se ao fabrico e comércio de mobiliário, sendo a produção dedicada essencialmente aos mercados português, francês e suíço.

Ainda em Lordelo, o Presidente da Câmara de Paredes visitou depois a Ronfe Classic Furniture, de Pedro Leal, que emprega 40 trabalhadores e atravessa um momento de crescimento e consolidação: faturou 1,3 milhões de euros em 2016 e estima que o valor aumente para 1,7 milhões, este ano. Trabalha essencialmente para exportação e aos mercados habituais de França, Espanha, Suíça alargou aos de Inglaterra, Rússia e Irlanda, com crescentes solicitações que vão levar à contratação próxima de mais funcionários.

De Lordelo para Duas Igrejas, a comitiva da Presidência Aberta visitou a C. Barbosa – Indústria de Mobiliário, Lda., de Carlos Silvino Moreira Barbosa, Empresa familiar que emprega 29 funcionários. Exporta praticamente a totalidade da produção, tendo como mercados privilegiados a Bélgica, a França, a Alemanha e a Suíça.

Por último, mas não menos importante, Celso Ferreira visitou a firma Verduras e Frescuras, em Louredo, que abastece de fruta, legumes e verduras o comércio tradicional português. A empresa de Bruno Pinto tem 10 colaboradores, em vias de contratar mais dois, e faturou 1,5 milhões de euros no último ano, abastecendo-se em 40% no mercado nacional. Tem seis carros de distribuição.

A Câmara Municipal de Paredes tem vindo assim a promover boas práticas de captação de investimento, num importante contributo para fase de grande dinamismo que a economia concelhia atravessa: nos últimos três anos, foram criados mais de 3.000 postos de trabalho no concelho, num investimento de quase 40 milhões de euros, perspetivando-se para muito breve novos investimentos de vulto.

“Esta realidade só é possível naturalmente graças à visão dos empresários, mas os incentivos ao investimento concedidos pela autarquia às empresas que optam por investir em Paredes constituem igualmente um importante contributo”, realça Celso Ferreira.

A Câmara isenta todos os investidores que assinem contrato de investimento de IMI, Derrama e IMT, durante um período temporal, e as taxas e licenças custam apenas um euro, num processo muito rápido de licenciamento, apoiado na moderna eficiência administrativa da autarquia, que é referência no país. Não é assim de estranhar que Paredes seja considerado por uma consultora independente como o melhor concelho da região para investir.

Top