Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes
siga-nos Facebook Issuu RSS feed

Casa da Cultura de Paredes

Designado por “Palacete da Granja”, o edifício pertencia a Joaquim Bernardo Mendes, um português regressado do Brasil.
À sua chegada recebeu o título de Visconde de Paredes. Foi nessa altura que construiu este magnífico Palacete com algumas características brasileiras, de entre as quais se destacam as fachadas revestidas de azulejos amarelos e grandes portas e janelas. Salienta-se ainda o enorme jardim que o rodeia.

Foi neste palacete que el-rei D. Carlos foi recebido em Junho de 1895.
Em meados dos anos 40, após o falecimento de Joaquim Bernardo Mendes, foi alugado à Câmara pela família deste, passando aí a funcionar os paços do Concelho.

Mais tarde, nos anos 60, um novo proprietário, o comendador Abílio de Seabra, após a aquisição deste edifício, ofereceu o mesmo à Irmandade da Misericórdia de Paredes. A partir desta altura, teve um papel importante nesta cidade, pois funcionou como um estabelecimento de ensino. No entanto, por ser considerado como impróprio para o desempenho dessa função ficou vago e em degradação.

Foi no início dos anos 90 que a Câmara Municipal de Paredes, consciente das características peculiares do “ Palacete da Granja”, através de um protocolo assinado com a Irmandade da Misericórdia de Paredes, procedeu a sua recuperação e posterior dinamização como Casa da Cultura.

Foi inaugurada a 17 de Maio de 1997, e desde essa data tem sido utilizada no desenvolvimento de atividades culturais e recreativas promovidas pelo Município sendo também facultada a sua utilização a terceiras entidades, com bastante regularidade.

Estilo Arquitetónico

Face ao enquadramento urbanístico e beleza arquitetónica do Palacete da Granja, a sua recuperação obedeceu a um conjunto de regras de forma a manter os traços arquitetónicas que caracterizam a época.

É um edifício do século XIX, que se inclui no grupo das “casas brasileiras”. São evidentes os elementos que expressam a grandiosidade desses “casarões”, assim como o romantismo da época.

Os azulejos amarelos, os portões, as enormes portas e janelas e o granito são elementos característicos e distintivos da construção, que foram devidamente salvaguardados no processo de recuperação do edifício.

Casa da Cultura - “Palacete da Granja”

A Câmara Municipal de Paredes, consciente do seu papel na dinamização cultural do município, tem vindo a privilegiar uma atuação marcada pela construção de patamares estruturantes das práticas culturais da população. A criação de infraestruturas de base vocacionadas para a promoção das mais diversas atividades de caris sociocultural é o mais evidente indicador desse princípio.

O projeto da Casa da Cultura, sendo também um projeto de recuperação de um edifício de grande beleza arquitetónica, “ O Palacete da Granja”, é o mais evidente exemplo de que a Câmara Municipal não tem deixado de responder às exigências decorrentes das suas atribuições e competências no domínio da cultura.

A evolução recente das paisagens urbanas tem motivado programas de reconversão e desenvolvimento, que reservam ao consumo cultural e de lazer um papel privilegiado, sendo notória a preocupação em estimular os interesses da população nestes domínios.

A Casa da Cultura ou o “Palacete da Granja” situa-se no centro da cidade de Paredes. É utilizada, essencialmente, para atividades culturais e recreativas.

Domínios de Atuação

Enquanto espaço cultural multidisciplinar a Casa da Cultura de Paredes tem como missão promover uma oferta cultural contemporânea, diversificada e valorizadora do panorama artístico nacional, internacional e local, capaz de promover a cidadania, a participação e a qualidade de vida dos seus públicos.

Objetivos:

  • Promover o acesso da população à produção artística profissional contemporânea local, nacional e internacional;
  • Constituir-se como um espaço de aprendizagem para os diversos públicos, expresso na programação de Serviço Educativo;
  • Promover a cidadania oferecendo um espaço de expressão para a valorização da cultural local.

Público-alvo:

  • Escolar
  • Juvenil/adolescente
  • Familiar
  • Adultos
Contactos:

Casa da Cultura
Avenida da República
4580-193 Paredes


Horário do serviço:

segunda a sexta:

9h00 - 12h30 | 14h00 - 17h30

Partilhar
Top