Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes
siga-nos Facebook Issuu RSS feed

Previne Paredes

  • 1
  • 2

O projeto Previne Paredes desenvolvido em parceria com a Associação Paredes Pela Inclusão Social e com a Câmara Municipal de Paredes, esteve no terreno durante dois anos, (2010 e 2011) intervindo na prevenção de comportamentos de risco e promovendo hábitos de vida saudáveis, em diferentes públicos-alvo.

Para concretizar estes objetivos foram realizadas diferentes iniciativas: atividades lúdico-desportivas; ações de sensibilização e informação, e programas acerca de diferentes temáticas tais como: estilos de vida saudáveis; competências pessoais e sociais e projetos de vida sustentados. Foi ainda criado um gabinete de apoio psicossocial, dirigido a famílias em situação de vulnerabilidade social, entre outras ações.

No primeiro ano de execução do projeto o principal objetivo foi estabelecer um contacto de proximidade junta da população a intervencionar, percebendo-se as reais necessidades dos indivíduos, o que facilitou a estruturação consistente das ações. Assim, a população abrangida em 2010 foi bastante superior à do segundo ano de implementação do projeto, apostando-se em 2011 numa intervenção mais intencional, continuada e focalizada, valorizando-se programas estruturados e o treino de competências.

Operacionalizando, ao longo do 1º ano foram abrangidos um total de 11216 indivíduos, tendo sido realizadas 142 ações de sensibilização e, apenas, 4 programas.

No 2º ano, foram realizados 41 programas e 161 ações de sensibilização para um total de 5198 indivíduos (ver quadro que se segue com os dados dos dois anos do projeto).

Estes números refletem o esforço de toda a equipa técnica e o bom acolhimento do projeto pelas diferentes entidades que nele participaram.

O projeto Previne Paredes – DRN/PO/PA/07, da região do Norte, que teve o seu término a 31/12/2011, foi selecionado enquanto exemplo de projeto de boas práticas no eixo da Prevenção. Os projetos selecionados enquanto boas práticas, são inseridos em base de dados online (EDDRA) (Exchange on Drug Demand Reduction Action) para consulta a nível mundial a qual compila as melhores práticas avaliadas em redução da demanda de drogas aplicadas nos Estados-Membros da União Europeia.

Partilhar
Top