Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes
siga-nos Facebook Issuu RSS feed

Câmara de Paredes entrega subsídios aos Bombeiros e Cruz Vermelha

Img 5814 1 1024 2500
Img 5840 1 1024 2500
Img 5807 1 1024 2500
Img 5817 1 1024 2500
Img 5822 1 1024 2500
09 Outubro 2018

O Município de Paredes pagou, esta terça-feira, 9 de outubro, a segunda tranche de 50% do subsídio atribuído anualmente às cinco corporações de bombeiros existentes no concelho e às duas delegações da Cruz Vermelha.

O presidente da Câmara Municipal de Paredes, Alexandre Almeida, deixou a garantia “de aumentar em 20% a comparticipação anual aos bombeiros e delegações da cruz vermelha já em 2019. Assim sendo, o valor a transferir para os bombeiros passa para 30 mil euros e 3.600 euros para a Cruz Vermelha”.

O subsídio aprovado em reunião do Executivo é de 24.500 euros para os Bombeiros Voluntários de Baltar, Cête, Lordelo, Paredes e Rebordosa e de 3.000 euros para as delegações da Cruz Vermelha de Sobreira e Vilela. Recorde-se que a primeira tranche de 50% foi paga em junho e o restante valor este mês de outubro. A autarquia em 2018 entregou um total de 128.500 euros aos bombeiros e Cruz Vermelha.

Refira-se que na reunião com as direções e comando das Associações Humanitárias do Concelho, O Vereador da Proteção Civil, Elias Barros, agradeceu todo o trabalho dos voluntários, bombeiros e socorristas da Cruz Vermelha, que “muito contribuiu para a diminuição de incêndios rurais no território de Paredes em comparação com anos anteriores”. Até à data de 9 de outubro foram registadas 286 ocorrências, sendo Paredes, o Concelho da Área Metropolitana do Porto com o maior número de ignições, mas “felizmente a prontidão dos bombeiros garante redução da área ardida”, sublinha o vereador. O maior incêndio situou-se em Recarei, lugar de Além Rio, onde o fogo consumiu uma área de cerca de 3,12 hectares.

Assumindo um papel determinante na limpeza de terrenos, a autarquia prossegue com as limpezas de bermas de estradas localizadas nas freguesias consideradas prioritárias, recordando igualmente que "é fundamental o empenho e envolvimento de todos os proprietários na limpeza de matas e florestas".

Partilhar
Top