Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

site_video

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Atividades 2012

appisiteO ano de 2012 foi um ano extremamente profícuo para a Associação Paredes pela Inclusão Social uma vez que iniciou a sua participação em projetos internacionais.

Inicialmente a convite do Município de Paredes, integrou o Projeto Comenius Regío Midas “Mejorar la inclusion – disminuir el abandono. Soluciones” que resultou de uma parceria entre o Município de Paredes, a E.S. Vilela e o CFAEPPP, com diversas entidades, coordenadas pelo Município de Xátiva/Valencia/Espanha. No âmbito deste projeto a APPIS teve oportunidade de apresentar o seu trabalho e os seus resultados no terreno como uma boa prática de combate ao insucesso e abandono escolares, trabalho que mereceu rasgados elogios da audiência espanhola.
Depois desta primeira experiência a APPIS encetou diversas candidaturas, 8 no total, a diferentes programas europeus, quer a título individual quer em parceria com o Município de Paredes tendo aprovado 5 dessas candidaturas em diferentes programas: duas visitas de estudo, um seminário de contato, um Comenius Régio Partnership e um Leonardo da Vinci – Transferências de Inovação.

A nível interno demos continuidade ao trabalho de combate ao insucesso e abandono escolares no 3.º ciclo, tendo acompanhado em proximidade 836 alunos dos quais 72% conseguiram transitar de ano. No que se refere ao projeto piloto do 2.º ciclo, iniciado no ano letivo de 2010/2011, no final do ano letivo, os resultados são promissores tendo obtido aproveitamento 82% dos 61 alunos acompanhados.

Apôs uma avaliação do projeto EPIS e tendo em conta o trabalho realizado no 2.º ciclo e os resultados obtidos entendeu-se apostar numa intervenção mais precoce pelo que iniciamos o trabalho no 5.º ano em mais 4 escolas: EB2/3 de Baltar, EB2/3 de Paredes, Escola Secundária de Vilela e Escola EB2/3.S de Rebordosa e mantivemos o projeto no 2.º ciclo na Escola de Cristelo.

Iniciamos o ano letivo 2012/2013 com 773 alunos em acompanhamento. Destes 207 são do 2.º ciclo, 486 de 3.º ciclo, 35 são jovens ou crianças em risco que beneficiarão do projeto EPIS, o qual será inserido como uma das medidas de promoção e proteção, na sequência de um protocolo estabelecido com a CPCJ. Acompanhamos ainda 45 alunos que inicialmente não estavam inseridos no projeto EPIS mas que a pedido das escolas foram integrados.

No âmbito da IX Assembleia Geral da APPIS contamos com a presença do Dr. António Pires de Lima, Presidente da Direção da EPIS, que reforçou a importância da responsabilidade social das empresas e agradeceu o trabalho meritório que os mediadores desenvolvem no terreno o qual contribui para uma maior qualificação da mão-de-obra.

Na IX Assembleia Geral da APPIS teve lugar um sentido testemunho de uma aluna o qual relatou a importância para a sua vida da existência do projeto EPIS. Estes testemunhos, que decorreram também no âmbito da entrega de bolsas EPIS têm contribuído para exemplicar a importância da intervenção dos mediadores para o combate ao insucesso e abandono escolares.

Outra importante iniciativa durante o ano de 2012 foi a promoção da participação nas bolsas sociais EPIS, de todos os alunos que foram acompanhados pelo projeto que estavam em condições de elegibilidade. Foram aprovadas 5 bolsas para alunos de Paredes em diferentes categorias.

Terminamos o ano lançando um desafio aos mediadores e alunos para que construíssem um postal de Natal que seria o postal de Natal da APPIS. Foi um momento de grande envolvimento por parte de alunos, mediadores e escolas do qual resultou um excelente resultado final.

Documentos:

Relatório e Contas 2012 - Parte A

Relatório e Contas 2012 - Parte B

Top