Passar para o Conteúdo Principal

município

logo Paredes

tomadaposse

siga-nos Facebook Instagram RSS feed

Pelourinho e Forca de Louredo

Louredo foi Beetria e Honra com casa de foral, de audiência e pelourinho. Tinha Juiz ordinário, quatro escrivães, dois vereadores, um procurador, dois almotacés e um meirinho. Durante a crise liberal, Louredo formou-se num pequeno concelho extinguindo-se em 1837 e incorporado no de Paredes. Atualmente, como símbolo representativo daquele antigo poder local pode-se admirar um Pelourinho de fuste liso de secção circular assente sobre três degraus de base quadrada, envoltos numa plataforma ajardinada, rematado por um volume cúbico, com a representação numa das faces, das armas de Portugal encimado pela coroa real. Este pelourinho está classificado Imóvel de Interesse Público.

No seu perímetro imediato ergue-se um elemento arquitetónico singular designado por “Forca de Louredo”, de estrutura de 11,70m de altura, em cantaria de planta quadrangular, com base constituída por quatro degraus formada por três corpos sobrepostos escalonados e remate central piramidal, destacando-se, voltado a Nordeste, um braço de seção quadrada, forma ligeiramente curvilínea e remate em dente.

Contactos para informações/marcações:


GPS: 41°14'28.67"N / 8°20'7.62"W

Património Arquitetónico
Top